As pessoas não querem home office

Depois de mais de um ano trabalhando em casa chegamos a seguinte conclusão: As pessoas não querem home office, elas querem trabalho remoto! Existe uma enorme diferença entre home office e trabalho remoto, mas você consegue distinguí-la?

As pessoas na verdade querem a liberdade de trabalhar em qualquer lugar, e não obrigatoriamente em casa. Querem a liberdade de gerenciar seus horários e fugir de reuniões não produtivas. Fugir do trânsito insano das cidades em horários de pico, fugir dos engarrafamentos de sexta-feira a noite para viajar. Querem ter a liberdade de trabalhar do sítio, da praia, do café, do clube, de qualquer lugar. Da mesma forma que muitos executivos trabalham das salas vips dos aeroportos a espera do embarque para uma viagem.

Igual ao home office, no trabalho remoto o colaborador tem a responsabilidade de gerir seu próprio horário de acordo com as regras da empresa. Isso porque existem cargos, como em vendas por exemplo, onde os colaboradores devem estar disponíveis para atender o cliente dentro do horário comercial. A meta e as atividades de desempenho continuam sendo o termômetro de medida da eficiência de cada um.

Por outro lado, perde-se muito do contato entre as pessoas, aquelas discussões repentinas (sem agenda) que podem resultar em boas soluções para empresa. Perde-se os almoços para descontrair com a equipe e criar afinidades. Mesmo efeito colateral do home office.

E aí, o que você acha? Prefere trabalho remoto, home office ou escritório?

0 respostas

Deixe uma resposta

Tem uma opinião sobre o assunto?
Fique à vontade para comentar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *